chevita GmbH

chevita GmbH Tierarzneimittel

 
Um pombo-correio

Doenças do tracto digestivo


Hexamitiase


A hexamitiase é uma doença do tracto intestinal dos pombos, que aparece associada a fezes muco-aquosas, algumas vezes com vestígios de sangue.

Agentes patogénicos:
O protozoário flagelado Hexamita columbae surge principalmente nos meses do Outono e Inverno. Numa fase inicial, coloniza o recto do hospedeiro. As aves recém emplumadas estão especialmente susceptíveis, pois têm ainda um baixo nível de resistência. Os pombos adultos, quando infectados, não demonstram sinais visíveis da doença, mas podem eliminar o agente patogénico em grandes quantidades juntamente com as típicas fezes aquosas (portadores crónicos). O período de incubação é de 4-5 dias.

Sintomas da doença:
Enterite aguda, com dejecções mucosas (ou com sangue), líquidas e de odor forte.
Os pombos afectados recusam o alimento e bebem mais água, o que resulta num estado de fraqueza e debilitação. Os borrachos sofrem particularmente com esta doença, por vezes de uma forma tão grave que todo o tracto intestinal é afectado, e as suas fezes aquosas surgem misturadas com sangue.

Diagnóstico:
A existência do agente da doença é comprovada através de exame microscópico, à temperatura corporal, de amostras da mucosa intestinal de um pombo infectado de forma aguda e recentemente morto. Quando a infestação é muito grave, pode verificar-se a existência dos parasitas com a ajuda de uma mecha de algodão que se introduz na cloaca de uma ave viva. O Hexamita é facilmente reconhecido pela sua movimentação rápida e em linha recta - ao contrário das tricomonas que se movimentam lentamente e em círculos em torno do seu próprio eixo.

Outras doenças semelhantes:
Salmonelose, Infecção pelo vírus da paramixo, Infecção pelo bacilo coli, Coccidiose.

Tratamento:
Quanto diagnosticada a existência do agente, tratar todos os pombos da colónia com chevi-col®+.
Se for necessário aumentar a quantidade da água da bebida, no período do choco ou durante os meses mais quentes do ano, não deve diluir-se a água que contém medicação. Quando esta terminar, deve dar-se água fresca.
Não fornecer água para o banho durante o período do tratamento.



 

Hexamitiase

Plano de tratamento para aplicação de chevi-col®+

Duração do tratamento
1a Semana
2a Semana
3a Semana
4a Semana
Dias
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
Tabela de controlo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
X chevi-col® água da bebida 
X
X
X
X
X
X
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O vitin® água da bebida
ou comida 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O 
 
 
 
 
 
 
O
 
 
 
 
 
 
 
 
O miral água da bebida
ou comida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O
 
 
 
 
 
 
 O
 
 
 
 
 
 
X liviferm água da bebida
 
 
 
 
 
 
X
X
X
X
X
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
X parafectans desinfecção
X
 
 
X 
 
 
X
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


X tratamento necessário
O tratamento de apoio (opcional)



Hexamitiase - Quadro de quantidades para a colónia



Produto e duração
do tratamento  
Posologia
Quantidade total
(tratamento completo)
para 100 pombos
X chevi-col®+
   6 dias
2 saquetas por 2 litros água
ó
1 cápsula por
pombo / dia
saquetas
embalagens
cápsulas
embalagens
30
3
600
6
O vitin®
   2 dias 
20 ml por 2 litros
água ou ração
para 40 pombos
ml

frascos
100

1
O miral
   2 dias
20 ml por 2 litros
água ou ração
para 40 pombos
ml

frascos
100

1
X liviferm
   5 dias
1 saqueta por 2 litros água
ou
1  cápsula por
pombo / dia
saquetas
embalagens
cápsulas
embalagens
12 ½
2
500
5


Cálculo: 
Quantos pombos irão ser tratados?    




Privacy Policy | Colofónia
© 1996 - 2017 chevita GmbH